Com a adoção do padrão Mercosul, as placas terão 4 letras e 3 números, podendo haver a mescla desses elementos

Padrão Mercosul será adotado nas placas de veículos ainda em 2018

Foi publicado no Diário Oficial da União que as novas placas padrão Mercosul começarão a valer a partir do dia 01 de setembro de 2018

Inicialmente serão colocadas apenas em carros zero-quilômetro, ou em carros que por algum motivo especial tenham necessidade de mudar a placa, como nos casos de transferência de local, de dono ou até mesmo caso ocorra algum incidente, necessitando que a placa seja trocada.

A partir de dia 31 de dezembro de 2023, todos os veículos terão que estar circulando com a nova placa padrão Mercosul.

A nova placa não terá o fundo colorido como as atuais. Para cada carro ter sua identificação a letra terá cores diferentes como: carros oficiais (cor azul e verde – em teste), carros comerciais (cor vermelha), carros de passeio (cor preta), carros de colecionador (cor prata), carros de diplomata (dourado), entre outras.

Haverá também diferença nas letras. Atualmente são 3 letras e 4 números, e com essa mudança serão 4 letras e 3 números, podendo haver a mescla desses elementos.

Com a adoção do padrão Mercosul, as placas terão 4 letras e 3 números, podendo haver a mescla desses elementos

Com a adoção do padrão Mercosul, as placas terão 4 letras e 3 números, podendo haver a mescla desses elementos

 

 

Uma das novidades mais interessantes é que as placas terão chip e QR Code. Em casos de roubo e clonagem do automóvel, essa novidade garantirá maior facilidade na localização do veículo.

As placas de moto terão o mesmo padrão que as de carro. A única diferença fica por conta do tamanho adaptado.

Esse deve ser o novo padrão adotado para as placas de motocicleta

Esse deve ser o novo padrão adotado para as placas de motocicleta

Quanto aos valores das novas placas, ainda não foram especificados ou divulgados.

Segundo nota divulgada pelo portal LegisWeb, essa decisão pode ser suspensa ou prorrogada por 60 dias em função da conclusão do grupo de trabalho criado para análise da Resolução CONTRAN nº 729, que estabelece a padronização das placas.

Para maiores informações, continue acompanhando o nosso blog!

Compartilhe este artigo